Abaixe sua glicose com folha de mamão

É incrível como cada dia mais descobrimos como a natureza nos fornece tudo (ou quase tudo) que precisamos para viver.

Pesquisando sobre como diminuir a taxa de açúcar no sangue ou mesmo como acabar com a diabetes, descobrimos que a folha de mamão é excelente.

Outra coisa incrível é que do mamoeiro tudo é aproveitado, desde o fruto como as folhas, as sementes e até a raiz.

Apesar de todas essas possibilidades de uso do mamoeira vamos focar aqui apenas nos benefícios de sua folha.

Todas as informações contidas neste texto foram baseadas em pesquisa bastante séria sobre o assunto.

Apesar disso recomendamos que antes de fazer qualquer tipo de tratamento com produtos naturais busque sempre o auxílio de um profissional

A folha de mamão e o diabetes

Antes de falarmos da ação da folha de mamão vamos falar sobre o diabetes.

O nosso corpo precisa metabolizar a glicose ingerida dos alimentos, a diabetes acontece quando o nosso corpo tem uma deficiência nesse processo.

O hormônio responsável por esse processo é a famosa insulina que é produzida pelo pâncreas, por esse motivo algumas pessoas precisam injetar essa insulina no corpo diariamente.

Existe a diabetes do tipo 1 e 2.

A diabetes do tipo 1 é a que acontece com menos frequência na população em geral, ela já inicia normalmente na infância, podemos dizer que provavelmente deve ser uma herança genética.

As pessoas que têm a diabetes do tipo 1 precisam injetar insulina diariamente em seu corpo.

Já as pessoas que têm a diabetes do tipo 2 não injetam necessariamente insulina no corpo, apenas em alguns casos mais graves.

A diabetes do tipo 2 também é chamada de adquirida, porque normalmente ocorre na idade adulta e por causa de alguma condições como a obesidade.

Folha de mamão pode controlar a diabetes?

É difícil afirmar que a folha de mamão vai acabar com a diabetes principalmente se for a do tipo 1.

O que se pode constatar em diversos estudos é que em testes de laboratório em animais é que a folha do mamão foi extremamente eficaz para diminuir a taxa de glicose no sangue das cobaias.

Tudo indica que principalmente os pré-diabéticos podem se beneficiar muito do consumo dessa planta, tudo indica que essa pessoas poderão baixar consideravelmente os níveis de glicose.

Para as pessoas já diagnosticadas com diabetes do tipo 2 é possível sim que haja um efeito bem positivo também do consumo das folhas do mamão, mas lembre-se sempre de buscar orientações médicas.

Como fazer o chá das folhas de mamão

Antes de falarmos de como fazer esse chá, é importante ressaltar que tomado em excesso o chá das folhas do mamoeiro é tóxico.

Não exagere em seu consumo diário para não passar mal, o melhor mesmo é buscar um profissional de saúde para lhe indicar as doses recomendadas para o seu caso.

Há relatos de pessoas que tiveram reações alérgicas como consumo do chá de mamão, então se iniciar o consumo dessa infusão e perceber qualquer sinal de alergia suspenda o uso e procure seu médico.

A dosagem do chá com as folhas secas é de uma colherzinha de sobremesa para cada xícara de água.

Não tome mais do que duas xícaras por dia.

Outros benefícios

Outros benefícios de forma geral, englobando tanto as folhas, como fruto, sementes, etc. e que são comprovados são:

  • calmante
  • relaxante
  • anti-tumoral
  • bactericida
  • cicatrizante
  • expectorante
  • combate as febres
  • combate à dengue
  • controle do colesterol
  • vermífugo
  • combate à dengue

Fonte de pesquisa: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3551835/

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-695X2014000300341

Chá de urtiga: Saiba tudo sobre seus benefícios

A urtiga é uma plantinha muito conhecida no nosso país, a depender de sua idade e de onde nasceu provavelmente já se machucou manuseando as suas folhas e caules quando criança, isso pelo fato de que ela tem minúsculos e duros pelos que quando tocado machucam por causa de algumas substâncias químicas.

Pois essa plantinha que tanto tínhamos medo no passado hoje pode ser nossa aliada, por incrível que pareça ela faz muito bem para nossa saúde.

A urtiga não é utilizada apenas para fazer infusão, mas ela é usada em cremes, tinturas, pós e muito mais.

Muitos dos benefícios do chá de urtiga aprendidos desde muito tempo são corroborados por pesquisas atuais.

Com certeza irá se surpreender com todos os benefícios encontrados nessa planta.

1 – Saúde do trato urinário

Existe uma condição chamada de Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) que causa o aumento da próstata, que consequentemente traz muito desconforto para os homens na hora de urinar além de outros problemas.

A urtiga é capaz de combater algumas bactérias nocivas do trato urinário e assim ajudam esses homens que sofrem com o HBP.

Também mostrou-se em estudos que a urtiga pode impedir a conversão da testosterona em diidrotestosterona oq ue ajuda a reduzir o tamanho da próstata.

Há estudos que comprovam que o consumo do extrato de urtiga ajudou homens com HBP a diminuírem os sintomas clínicas em comparação com outros que não tomaram.

Sabe-se também que ela é um complemento àqueles remédios para o tratamento de doenças do trato urinário.

2- Diminui  a taxa de glicose no sangue

Milhares de pessoas sofrem com com o excesso de açúcar no sangue a chamada diabetes. Esse é um problema cada vez mais comum.

O acesso a alimentos ricos em açúcar e carboidratos são os grandes vilões e cada vez mais a população inicia mais cedo o consumo desses aliemntos.

A urtiga se mostrou muito eficaz auxiliando o pâncreas a produzir ou liberar mais insulina.

É essa insulina a responsável por reduzir o nível de açúcar no sangue e pessoas com diabetes normalmente tendem a desenvolver deficiência na produção de insulina.

O teste em laboratórios normalmente se dão com o extrato das folhas, mas nada impede que haja o consumo do chá para esse fim.

Claro que pessoas diagnosticadas com diabetes devem buscar apoio médico, afinal é uma doença séria e com muitas consequências ruins para a saúde.

Essas pessoas já diagnosticadas devem conversar com seus médicos e quem apenas está com o nível mais elevado apenas podem fazer a experiência do uso da urtiga.

Vale lembrar que a diabetes deve ser combatida de várias formas e uma delas é cuidando bem da alimentação e não apenas tomando remédio.

3 – Dor e artrite

A idade vai chegando e com ela algumas dores também, a artrite é bastante comum. A artrite é uma inflamação de uma ou mais articulações de nosso corpo.

Existem diferentes tipos de artrite e com diferentes causas, mas se sabe que a urtiga pode ser usada para reduzir essas inflamações.

O chá de urtiga é excelente para tratar inflamações de maneira geral.

Existem também alguns cremes feitos a partir da urtiga, são excelente para o tratamento de inflamações como a artrite.

4 – Reduz  hipertensão arterial

Outra doença que é muito séria e que inclusive é causa de morte de milhares pessoas por ano no mundo é a hipertensão arterial.

A elevação da pressão sanguínea para níveis anormais é muito perigosa, pois pode ter como consequência um derrame cerebral e até mesmo um infarto

É uma doença silenciosa (não dá sinais) e que é muito comum.

Deve ser tratada seriamente com a supervisão de um médico.

A urtiga pode ajudar no controle da pressão arterial elevada, pois ela tem mecanismos de ação vasodilatadora.

Apesar de ser usada para esses fins, nunca substitua seu remédio prescrito por um médico para o consumo de urtiga, converse com ele antes para saber das possibilidades.

5 – Outros benefícios da urtiga

Outros benefícios relevantes que podemos descrever da urtiga são:

  • prevenção de doenças crônicas
  • Rica em nutrientes como vitamina A, C, minerais, polifenois, aminoácidos, etc.
  • Pode tratar a febre do feno
  • Para a saúde do fígado
  • diurético natural
  • estimula o apetite
  • Diminui a oleosidade da pele
  • Fortalecedor das unhas

Como consumir

Há várias formas de tirar benefício dessa erva, você pode tomar o chá, o extrato e tintura e até cremes existem.

Para fazer o chá de urtiga é muito simples, principalmente se você comprá-lo desidratado em lojas especializadas.

O consumo de suas folhas frescas é mais complicado, pois há certos espinhos que machucam a pele.

Use a proporção de uma colher de sobremesa da erva desidratada para cada xícara de água.

Efeitos colaterais

O consumo em excesso da urtiga pode trazer alguns efeitos indesejados como alergias na pele, alterações do ciclo menstrual.

Pessoas que já tem problemas renais devem evitar o consumo dessa planta.

Mulheres gestantes também não devem tomar esse chá, pois é possível haver até aborto.

5 motivos para você tomar o chá de jasmim

Temos que ser gratos por ter tantas ervas que podemos usar de diversas maneiras, entre elas está o jasmim.

Essa plantinha não apenas serve para enfeitar nossas casas e jardins, mas possui diversos benefícios também para nossa saúde.

De todas as formas ter o jasmim por perto será positivo, são flores lindas, cheirosas e também com utilidades terapêuticas.

Conheça seus benefícios

Queremos destacar os benefícios que podemos ter ao tomar o chá de jasmim, provavelmente alguns você nem imaginava.

 A maioria dos estudos com ervas se baseiam no extrato da planta e não com a sua infusão.

Mas podemos afirmar que os benefícios comprovados com o extrato podem ser atribuídos também ao chá das folhas e flores das plantas.

1- Combate o envelhecimento celular

O jasmim é uma daquelas plantas ricas em antioxidantes, como o nome mesmo indica é a sua capacidade de combater a oxidação das células.

Os antioxidantes presentes em alguns alimentos naturais faz uma espécie de limpeza nas células, o lixo das nossas células são chamados de radicais livres.

Então ao consumir o chá de jasmim ou consumi-lo de outra forma, você estará fazendo a limpeza de suas células desses radicais livres que podem causar o envelhecimento celular e também algumas doenças.

Há estudos que indicam que esses radicais livres estão relacionados às doenças cardíacas e até a alguns tipos de câncer.

2 – É afrodisíaco

Há aqueles que dizem que o jasmim também é afrodisíaco, mas não usam como infusão, mas na aromoterapia.

O cheiro do jasmim é considerado afrodisíaco por causa de seu cheiro adocicado e forte, assim como muitos perfumes femininos existentes por aí.

O cheiro de jasmim estimula a libido e ele vem de seu óleo essencial.

Essa prática, segundo pesquisas, existem há séculos. Diz-se que na antiga Pérsia os haréns eram decorados com jasmim para estimular a libido dos sultões e das mulheres.

Na internet encontra-se diversas lojas que vendem o seu óleo essencial.

3- Leve analgésico natural

Ainda falando do óleo essencial de jasmim, usa-se também para tratar leves dores com a de cabeça, cólicas e também dores musculares

Sabe-se que o jasmim é um leve analgésico e dá uma sensação de relaxamento no pescoço o que pode aliviar a dor de cabeça.

4- Calmante natural

Outro uso do jasmim é como um calmante natural, pessoas ansiosas podem se beneficiar com o consumo desse chá.

Geralmente pessoas com problemas sérios de ansiedade e nervosismo devem procurar ajuda de um profissional, mas pessoas que têm ansiedade leve podem fazer a experiência de consumir esse chá.

5 – Outros usos terapêuticos do jasmim

Além dos benefícios citados acima há outros que podem lhe interessar também, como:

– alivia os sintomas da TPM e da menopausa como a irritabilidade e os calores intensos.

  • Uso tópico para cicatrização
  • Ajuda a acabar com gripes e resfriados diminuindo seus sintomas
  • Propriedades digestivas
  • Acelera o metabolismo ajudando na perda de peso

Sobre seu uso e modo de preparo

Geralmente encontra-se a indicação de pessoas que consomem o chá de jasmim misturado a outros chás da árvore Camellia Sinnesis (chá verde, chá preto, chá vermelho e chá branco).

Mas também você pode consumir o chá de jasmim sozinho sem misturar a nenhum outro.

Para fazer o seu chá não há uma dose estritamente específica assim como os remédios vendidos em farmácias, uma dose muito usada é de uma colher de sopa das pétalas de jasmim para meio litro de água.

Basta colocar a água no fogo e quando iniciar a fervura acrescentar a erva e deixa por mais uns 3 minutos.

Depois de esfriar basta coar e consumir.

Consumo duas xícaras de chá ao dia, isso já é suficiente

Efeitos colaterais

De forma geral o chá de jasmim é bastante seguro e com poucos efeitos colaterais.

Esse chá contém cafeína, então pessoas que por algum motivo não podem consumir cafeína deve evitar o seu uso.

Sempre é aconselhável que mulheres grávidas e que estão amamentando procure orientação médica antes de consumir.

O chá de jasmim tomado em excesso também pode causar anemia por atrapalhar na absorção do ferro pelo corpo.

Mas esse alerta se aplica mais a pessoa que já apresentam o problema de anemia, para mulheres grávidas e crianças e também se tomado em excesso.

Tipo de jasmins

Existem alguns tipos de jasmins, mas há muitas plantas que recebem esse nome e não é.

Denomina-se de jasmim toda planta da família do gênero Jasminum, geralmente são de flores brancas, apesar de existirem algumas de cor amarela.

Os nomes científicos que você encontrará dessa planta são

Jasminum polyanthum, ou Jasmim-dos-poetas
Jasminum-officinale-ou-Jasmim-verdadeiro-min
– jasminum mesnyi, ou Jasmim-amarelo (sem aroma)

chá de panaceia: Um poderoso diurético

A panaceia não é tão conhecida como tantas outras ervas, mas saiba que ela é muito eficaz no tratamento de algumas doenças.

Queremos destacar aqui principalmente sua ação como diurético.

Há outros benefícios também e não são menos importantes, apenas por uma questão de escolha daremos ênfase a esse benefício.

O que é ser um chá diurético?

As ervas diuréticas são aquelas que tem como ação principal ajudar a pessoa a urinar com mais frequência.

Isso pode ser muito válido no tratamento de algumas doenças relacionados aos rins, por exemplo.

Pessoas com problemas renais podem desenvolver o que chamamos de retenção de líquidos. Para acabar com essa retenção de líquidos usa-se os remédios ou chás diuréticos.

Deve-se tomar muito cuidado com o consumo dos diuréticos, pois eles se usados de forma indiscriminada podem causar muito danos á saúde.

Algumas pessoas realmente têm retenção de líquido, ficam mais inchadas, para essas pessoas os chás diuréticos são excelente.

Infelizmente há pessoas que estão com excesso de gordura e acham que estão com retenção de líquidos, mas não é bem assim.

Sobre o chá de panaceia

O chá de panaceia ( Solanum cernuum vell) também recebe outros nomes populares, isso muda de acordo com a região do país, entre eles estão:

  • barba-de-bode;
  • bolsa-de-pastor;
  • braço-de-preguiça;
  • braço-de-momo;
  • capoeira-branca;
  • folha-de-onça;
  • mercúrio-de-pobre
  • velame;
  • velame-de-folha-grande;
  • velame-do-campo

Pode-se dizer que dessa planta tudo é aproveitado para o consumo medicinal, tanto folhas, caules e até raízes.

Para pessoas que precisam da ação diurética da planta utiliza-se tanto as folhas como a raiz.

Outros benefícios do chá de panaceia

Sobre essa planta é possível encontrar alguns artigos científicos comprovando sua eficácia para determinadas situações.

Além de ser uma planta diurética sabe-se que ela também serve como:

  • sudorífica;
  • depurativa (limpeza do organismo);
  • desobstruente do fígado;
  • cura da gonorreia;
  • doenças da pele;
  • antiarrítmico;
  • gastroprotetora;
  • varrer os radicais livres;
  • antifúngico.

Como fazer o chá de panaceia

Caso escolha fazer o chá dessa erva por meio da infusão, utiliza-se as folhas.

  1. Então basta uma xícara de água fervente para uma colher de sobremesa da erva.
  2. Despeje a água sobre a erva e espere por aproximadamente 10 minutos e já estará pronto.

Você poderá também fazer o chá de panaceia por meio da decocção de suas raízes.

Dá mais trabalho, mas não é impossível.

  1. Para isso basta macerar as raízes antes de colocá-las para ferver.
  2. Ao iniciar a fervura deixe por mais 3 minutinhos, abafe e espere esfriar

Tome no máximo 3 xícaras ao dia

Cuidados com o chá de panaceia

É indicado que todas as pessoas consultem um médico antes de iniciar o consumo frequente de uma erva, de forma especial as mulheres grávidas e crianças.

Tome cuidado também por que esse chá é diurético e como dito antes isso pode forçar os rins a trabalhar demais e pode haver uma perda exagerada de potássio e de sódio, causando por exemplo fraqueza muscular e câimbras.

Chás diuréticos: lista de 34 ervas que realmente funcionam

É bastante comum as pessoas buscarem os chás para aumentar a frequência urinária.

Realmente os chás podem ser uma boa alternativa, mas até eles devem ser usadas com cuidado.

Não devemos nunca beber chá de forma indiscriminada, as ervas também exercem modificações em nosso corpo.

É óbvio que os remédios vendidos em farmácias têm sua ação mais rápida e mais forte.

Os chás podem ter sua ação mais demora para aparecer, mas não é por isso que devemos abusar.

Qual o motivo de tomar diuréticos

Os remédios diuréticos só devem ser tomadas por prescrição médica, pois eles podem fazer muito mal se forem usadas de forma inadequada.

Geralmente eles são usados para tratar algumas doenças como hipertensão e insuficiência cardíaca e renal.

Os diuréticos ajudam a combater os sintomas dessas doenças por eliminar o excesso de sódio.

O excesso de sódio em algumas pessoas causam o inchaço e é por isso que muitas procuram os chás.

Outros motivos para tomar chás diuréticos

Muitas pessoas também procuram os chás diuréticos para perder peso.

O correto mesmo é dizer “perder peso“, pois no máximo é isso que os diuréticos podem fazer.

Isso a pessoa deve estar consciente, pois eles não eliminam gordura.

Realmente há pessoas que têm retenção de líquido e consequentemente ficam mais inchadas.

Para essas pessoas os chás que aumentam a eliminação de líquidos e podem ser bons.

Se você sabe que está retendo líquidos aumentar as idas ao banheiro pode ser uma boa.

Como funcionam

Tanto os medicamentos feitos em laboratório, tanto os chás agem diretamente no funcionamento dos rins.

Nessa interferência causa o aumento de eliminação da urina e consequentemente a eliminação do sódio.

Alguns cuidados

O correto é sempre procurar orientação médica para tomar esse tipo de remédio, essa precaução vale também para os chás.

O uso indevido de qualquer tipo de substância, seja ela sintética ou natural pode trazer sérias consequências a nossa saúde.

Muitas pessoas usam indevidamente os chás diuréticos para a perda de peso.

As consequências comuns para quem toma diuréticos de forma indiscriminada e sem necessidade são:

  • Aumento das câimbras por causa da perda de sódio e potássio;
  • Perda de força muscular;
  • Indução do aparecimento da diabete melito;
  • Risco de adoecimento do coração e dos rins.

Como tomar esses chás

De forma geral as infusões devem ser tomadas no máximo 3 xícaras ao dia.

Nunca devemos exagerar na dose achando que não farão mal.

Não substitua a água pelo consumo de chá, a menos que você receba essa orientação de um médico, o que é bem improvável.

Aumente o consumo de água se quer urinar mais vezes e diminua o consumo de sal.

Os chás podem ser coadjuvantes nesse processo.

Lista de chás que comprovadamente aumentam a diurese

  1. chá de capeba
  2. chá de salsinha
  3. chá de cavalinha
  4. chá de hibisco
  5. chá de dente-de-leão
  6. chá verde
  7. chá de cabelo-de-milho
  8. chá de canela
  9. chá de gengibre
  10. chá de erva-doce
  11. chá de alecrim
  12. chá de Salsaparrilha
  13. chá verde com abacaxi
  14. chá de folha de abacate
  15. chá de aroeira
  16. chá de assa-peixe
  17. chá de cana-do-brejo
  18. chá de carqueja-doce
  19. chá de cominho
  20. chá de douradinha
  21. chá de japecanga
  22. chá de panaceia
  23. chá de pata-de-vaca
  24. chá de malva
  25. chá de urtiga
  26. chá de sabugueiro
  27. chá de gergelim
  28. chá de quebra-pedra
  29. chá de sene
  30. chá de folha-de-louro
  31. chá de sálvia
  32. chá vermelho
  33. chá de bétula
  34. chá de espinheira santa

3 benefícios do sal rosa do Himalaia

Benefícios, malefícios e no que consumir

O sal do Himalaia cor de rosa é frequentemente dito ser o mais benéfico e o sal mais limpo disponível neste planeta hoje.

Possui todos os tipos de propriedades nutricionais e terapêuticas, para não mencionar os usos culinários.

Você pode usá-lo como uma opção mais saudável para o sal processado.

Você também pode usá-lo para criar esfregões caseiros e molhos de banho.

Historicamente, as pessoas dos Himalaias usaram esse sal versátil para preservar carne e peixe.

O sal direito na quantidade certa é realmente muito bom para o sua saúde. O sal marinho do Himalaia rosa contém mais de 84 minerais e oligoelementos, incluindo cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro.

Por que o sal rosa do Himalaia é melhor que o sal da mesa?

O sal rosa do Himalaia é uma escolha muito mais equilibrada e saudável em comparação com o sal da mesa comum.

É tipicamente minado à mão.

Isto é muito diferente do sal da mesa que envolve uma grande quantidade de interferência não natural.

O sal da mesa é muito bem processado, eliminando seus minerais.

O sal da mesa comercial é tipicamente de 97,5 por cento a 99,9 por cento de cloreto de sódio.

Enquanto isso, um sal não refinado de alta qualidade como o sal do mar do Himalaia é apenas cerca de 87 por cento de cloreto de sódio.

Benefícios do Sal Himalaia Rosa

1. Melhora os problemas respiratórios

O sal é antibacteriano, anti-inflamatório, solta o muco excessivo e acelera a depuração do muco, remove agentes patogênicos no ar, como o pólen, e diminui o nível de IgE (hipersensibilidade do sistema imunológico).

Se você procurar por “Caverna de sal do Himalaia”, você verá que existem cavernas de sal feitas em todo o país (e mundo) para que as pessoas possam experimentar os efeitos benéficos para a saúde, especialmente quando se trata do sistema respiratório.

2. Equilibra o pH do corpo

O rico teor mineral de sal do Himalaia pode ajudar a equilibrar os níveis de pH do seu corpo.

Você pode pensar que isso não é grande coisa, mas quando seu pH tem uma proporção saudável de ácido alcalino, faz uma grande diferença em sua saúde geral.

3. Purificador de ar

Quando o sal rosa é usado para criar uma lâmpada, isso pode fornecer para a sua casa ou escritório um ar mais limpo.

Um dos principais benefícios da lâmpada do sal do Himalaia é a sua suposta capacidade de limpar o ar.

Por sua natureza inerente como um sal, a lâmpada (que é um bloco de sal rosa puro) atrai vapor de água, bem como poluentes do ar.

O vapor de água evapora devido ao calor da lâmpada, mas a poeira permanece no sal em vez de entrar no seu corpo.

3 receitinhas caseiras para acabar de vez com a ressaca de álcool

A ressaca é o nome dado ao conjunto variado de sintomas que ocorrem depois de beber bebida alcoólica em excesso.

Já ouviu a expressão “Acordar com ressaca”?

As pessoas falam isso porque os sintomas parecem ficar mais fortes após acordar no outro dia, como se eles estivessem se resguardando para atacar todos de uma vez.

A melhor maneira de evitar a ressaca é não beber álcool, mas se você fez isso e extrapolou o limite, pode se preparar.

Cada pessoa sente os efeitos de uma forma, às vezes mais fracos ou mais fortes, tem aquela questão da resistência ao álcool.

Os efeitos são derivados da intoxicação do álcool no sangue, e é frequente que a pessoa de ressaca sinta:

  • Fraqueza no corpo;
  • Dores de cabeça;
  • Sensibilidade à luz;
  • Irritabilidade;
  • Tonturas.

Em casos mais graves, pode ocorrer diarreia, vômito, náusea e desidratação.

Tendo em vista tudo isso, você deve estar pensando que a situação é realmente ruim.

Ela é, sim, mas é possível aliviar os sintomas da ressaca com alguns remédios caseiros.

Abaixo, você encontrará alguns deles. Lembre-se de ter os ingredientes sempre em sua casa, para qualquer eventualidade.

Tratamentos naturais para ressaca

1. Infusão de banana

É conhecido que as bananas são um dos melhores antiácidos naturais.

A ingestão dessa infusão vai fazer com que sejam controlados o excesso de acidez e os incômodos sintomas estomacais típicos da ressaca.

Além disso, ela alivia a náusea e o vômito e ajuda a controlar as dores de cabeça. Você apenas precisa de:

  • ½ banana madura
  • 1 xícara de água (250 ml)
  1. Corte metade de uma banana madura em fatias, sem remover a casca.
  2. Coloque as fatias em uma xícara de água fervente e depois deixe descansar por 10 minutos, para então beber.
  3. Consuma duas vezes por dia.

2. Mel e limão

A mistura de mel com limão é um ótimo remédio para revitalizar o corpo depois de beber muito álcool.

A combinação vai diminuir a dor estomacal, aumentar a resposta imune e aumentar a energia que você precisa para enfrentar o dia. Você só vai precisar de:

  • 1 colher de sopa de suco de limão (10 ml);
  • 1 colher de mel de abelha (25 g);
  • ½ xícara de água (125 ml)

Para o preparo você vai misturar:

  1. suco de limão e o mel na meia xícara de água quente.
  2. Deve-se consumir a bebida após se levantar, e você pode tomar até três vezes por dia.

3. Infusão de gengibre

O gengibre é uma raiz que proporciona diversos benefícios ao nosso corpo.

Podemos fazer uma infusão para lidar com a maioria dos sintomas da ressaca.

Tem propriedades anti-inflamatórias e digestivas, acalmando dores abdominais, gases e excesso de acidez.

Você vai precisar de:

  • 1 pedaço de raiz de gengibre
  • 1 xícara de água (250 ml)
  1. Adicione o pedaço de gengibre à xícara de água fervente;
  2. Cubra a xícara e deixe descansar por 10 minutos, para depois beber por três vezes ao dia.

3 receitas naturais para acabar com a ejaculação precoce

O distúrbio causa uma série de desconfortos e pode ser amenizado ou tratado de forma natural

Esta doença pode ser melhor definida como a ejaculação descontrolada breve ou mesmo antes da penetração sexual.

A ejaculação precoce pode trazer muitos sentimentos negativos como ansiedade e depressão em ambos os parceiros.

Como um homem, se você está enfrentando o mesmo problema, não se preocupe, pois existem alguns remédios caseiros úteis para parar a ejaculação precoce.

1. Melancia

A principal vantagem é que a melancia pode relaxar os vasos sanguíneos, mas sem efeitos colaterais.

Para superar o problema da ejaculação precoce siga a orientação:

  1. Corte a melancia em pedaços pequenos.
  2. Polvilhe um pouco de gengibre em pó e sal nas peças.
  3. Aprecie a receita.

Como é que isso funciona?

O componente central de fazer a mudança é o fitonutriente conhecido como citrulina.

Este componente pode aumentar a libido de qualquer indivíduo.

2. Canela

Na verdade, o óleo de canela é amplamente utilizado em loções, sabões, pasta de dente, cosméticos e produtos farmacêuticos.

No entanto, poucos sabem que esta casca pode estimular o apetite, curar cólicas menstruais, ajudar a ejaculação precoce e curar infecções causadas por parasitas e bactérias.

Para a ejaculação precoce com a ajuda da canela:

  1. Pegue duas colheres de sopa de pó de canela orgânica e cinco colheres de sopa de água.
  2. Misture os dois juntos e consuma a mistura duas vezes ao dia após a alimentação.

Como é que isso funciona?

Os óleos voláteis encontrados nesta casca podem reduzir as flatulências.

Também aumenta o fluxo sanguíneo e, assim, o metabolismo recebe um impulso estimulante.

As propriedades adstringentes estão ligadas a componentes medicinais conhecidos como taninos, que também previne a diarreia.

Este remédio funciona melhor se você estiver tendo o problema da ejaculação precoce devido a problemas digestivos simples.

3. Mel e gengibre

O gengibre também é conhecido como um afrodisíaco por sua capacidade de curar problemas sexuais, como a ejaculação precoce.

A combinação de gengibre e mel provou aumentar a libido, o desempenho e os sentimentos lúcidos.

  1. Pegue uma colher de sopa de gengibre e misture com mel.
  2. Consuma a mistura por um mês todos os dias (a mesma quantidade).

Como é que isso funciona?

As propriedades medicinais podem ajudar a reduzir a irritação gastrointestinal, desencadear a saliva e a produção de bile quando necessário.

Dica final

Como já dito anteriormente a ejaculação precoce é que traz muito sofrimento não apenas ao homem e sim ao casal.

Coisas naturais podem ser um coadjuvante nesse tratamento, mas é importante saber que há outros meios de tratamento como terapia e o uso de remédios como ansiolíticos.

Procure seu médico caso esse problema perdure por muito tempo e não encontre meios de resolvê-lo sozinho.

3 Soluções caseiras expectorante

Os remédios expectorantes são aqueles que são capazes de aliviar a tosse do tipo produtiva, popularmente conhecida como “tosse com fleuma”, expulsando-a.

É o tipo de tosse que é acompanhada pela chamada fleuma, que se trata do muco produzido pelo sistema respiratório.

A tosse produtiva é consequência da fleuma espessa que pode aparecer em três cores: branca, amarela e verde.

As pessoas com esse tipo de tosse sentem falhas pegajosas quando tossem, sentimento de opressão e ainda outros sintomas.

Os remédios caseiros que apresentaremos abaixo são expectorantes, indicados para esse tipo de tosse.

Soluções caseiras

1. Vapores de eucalipto

O eucalipto tem ótimos efeitos mucolíticos e expectorantes que ajudam a controlar a tosse e a inflamação do trato respiratório.

Os vapores liberados ao se fazer a infusão são um remédio muito bom contra o congestionamento, as dores de cabeça e a dificuldade de respirar.

Você apenas vai precisar de:

  • 10 folhas de eucalipto
  • 2 litros de água

Para preparar:

  1. adicione as folhas de eucalipto em uma panela com água, deixando ferver a fogo baixo por cinco minutos.
  2. Quando estiver pronto, cubra a cabeça com uma toalha e inspire os vapores do eucalipto.

Tente fazer isso todas as noites, antes de dormir até melhorar.

2. Xarope expectorante com mel e cebola

A mistura do mel com a cebola faz com que obtenhamos um ótimo remédio para melhorar os sintomas de condições respiratórias.

Os dois ingredientes possuem propriedades expectorantes e antibióticas, que facilitam a remoção dos vírus, das bactérias e da fleuma acumulada. Você só vai precisar de:

  • 1 ½ xícara de cebola (300 g)
  • ½ xícara de mel (150 g)
  • 1 copo de vinho branco (200 ml)

Para o preparo você deve:

  1. cortar a cebola em pequenos pedaços e misturar em um recipiente de vidro com mel e vinho branco.
  2. Deixe cozinhar durante dois dias e depois consuma o xarope resultante.
  3. Pegue duas ou três colheres de sopa por dia.

3. Expectorante de maçã, mel e limão

Essa opção, utilizando maçã, mel e limão, é um excelente expectorante para crianças e adultos.

Possui um efeito anti-inflamatório e mucolítico, estimulando a eliminação das secreções e a limpeza das vias aéreas.

Você vai precisar de:

  • ½ maçã madura
  • suco de ½ limão
  • 1 colher de sopa de mel (25 g)

Para o preparo deve-se cozinhar a maçã e triturá-la até se obter um purê.

Em seguida, misture com o mel e o limão e consuma duas vezes por dia.

Veja também sobre o chá de limão e a gripe

Não se deve consumir mel se você for diabético.

O consumo de cebola é contraindicado em caso de úlcera, gastrite e ácido estomacal.

Lembre-se de escolher apenas um dos remédios listados, porque a interação pode trazer efeitos desagradáveis.