Benefícios Astaxantina

Bruno G. Costa

Saiba mais em CLIQUE AQUI
Sou mineiro "Uai", psicólogo de formação e estudioso ...
Bruno G. Costa

Últimos posts por Bruno G. Costa (exibir todos)

Você já ouviu falar na astaxantina e nos benefícios dela? Pois é, neste texto você conhecerá isso e muito mais sobre esse antioxidante muito importante para a nossa saúde. Vai saber o que é, os benefícios, como tomar e os efeitos colaterais (malefícios) do consumo dessa substância. Acompanhe!

O que é a astaxantina?

Quando falamos na astaxantina estamos falando em um pigmento avermelhado que aparece em alguns tipos de algas. É responsável, por exemplo, pela cor rosa ou vermelha do salmão, lagosta, camarão e outros frutos do mar.

A astaxantina pode ser chamada de rainha dos Carotenoides, um grupo do qual ele faz parte, e é de 10 a 100 vezes mais poderoso do que outros carotenoides, como o betacaroteno — pró-vitamina A. A astaxantina também pode ser considerada um dos antioxidantes mais potentes que existem.

Você já ouviu falar nas substâncias antioxidantes dos nossos textos, não é? Caso não tenha ouvido falar, preste atenção às seguintes informações: os antioxidantes são as substâncias capazes de neutralizar os efeitos dos radicais livres, que são nocivos para a nossa saúde, podendo nos trazer danos oxidativos e vários outros problemas de saúde.

Mais sobre os antioxidantes

Como acabamos de dizer, os antioxidantes sãso responsáveis por impedir a oxidação causada pelos radicais livres. Os perigos dessa oxidação são vários. Por exemplo, ela danifica as nossas células, fazendo com que nossa pele adquira traços de envelhecimento. Os antioxidantes lutam contra os radicais livres, que podem causar doenças como o câncer, problemas cardíacos e cerebrais.

Benefícios da astaxantina

Atividades físicas

O primeiro benefício é importante para os atletas. Você já sentiu os músculos cansados e doloridos depois de um treino ou de uma atividade física na qual não está habituado? Isso acontece porque o nosso corpo produz muita energia para gastá-la nas atividades físicas, e a desvantagem disso é que são gerados radicais livres que prejudicam o DNA. Como resposta, sentimos esses desconfortos físicos.

A astaxantina tem os benefícios de eliminar os radicais livres gerados pela produção de energia, diminuir o dano oxidativo das membranas celulares e DNA, diminuir a inflamação muscular, reduzir o ácido lático no músculos, melhorar a acuidade visual e a percepção de profundidade, melhorar a tolerância ao sol e reduzir os efeitos das queimaduras solares e aumento da força e da resistência física.

Resumindo: um prato cheio para atletas. E bônus: a astaxantina evita o acúmulo de gorduras, diminui a inflamação e a dor.

Anti-inflamatório

A astaxantina tem ação anti-inflamatória, o que, como o nome já sugere, reduz a inflamação no corpo, serviço como um analgésico. A vantagem desse item em relação aos analgésicos é que ele não causa azia, úlceras gastrointestinais ou risco de vício. Quanto a isso, pode tomar sem medo.

A astaxantina tem compostos que diminuem a dor e a inflamação associados aos problemas de saúde. Seu corpo não vai se viciar ao produto, mas é capaz que você queira usá-lo sempre que sentir alguma coisa desse tipo.

Proteção da pele contra o sol

A astaxantina é um item que não pode faltar para quem tem a pele mais sensível que fica queimada com o contato da luz solar. Ela bloqueia os efeitos cáusticos do sol, e além disso tem o benefício de reduzir a aparência das rugas no rosto, deixando a pele mais rejuvenescida.

Combate ao cansaço

A fadiga pode se traduzir diretamente na falta de energia. Quando não temos energia, naturalmente estamos cansados. E um dos benefícios da astaxantina é o de combater o cansaço, trazendo à pessoa mais energia, resistência e aumento de força. E um bônus: a astaxantina é eficiente para ajudar na recuperação pós-exercício.

Olhos e sistema nervoso

A astaxantina tem ainda mais benefícios relacionados aos antioxidantes. Essa ação se combina à ação anti-inflamatória e serve para proteger os olhos, o cérebro e o sistema nervoso central, tudo no mesmo pacote. Dessa forma, há menos chances de você sofrer de catarata, degeneração macular, cegueira, demência e doença de Alzheimer!

Sistema cardiovascular

Cuidar do nosso coração é muito importante, pois ele é de importância vital no nosso corpo. Podemos sobreviver sem um baço tomando algumas medidas, mas não sobrevivemos sem um coração. Por isso, consumir a astaxantina é importante, afinal, trata-se de um item poderoso que nos ajuda a manter a saúde do coração, impedindo que o sistema cardiovascular sofra doenças.

Câncer

A astaxantina é um item muito interessante para ajudar no tratamento de vários tipos de câncer, pois possui uma alta taxa de propriedades antioxidantes que são eficazes nisso. Esse item ajuda, por exemplo, a tratar o câncer de mama, proporcionando um menos crescimento das células cancerígenas na mama.

Como consumir a astaxantina?

A astaxantina, um item que você conhece agora muito bem, pode ser consumida por meio de suplementos e também por meio de alguns alimentos específicos, como o salmão, o camarão e a truta. Esses alimentos carregam a astaxantina em uma quantidade menor do que a dos suplementos, então sinta-se livre para decidir que tipo de tratamento você vai seguir: com os alimentos ou suplementos.

Você deve saber onde comprar esses alimentos que contêm astaxantina, mas se prefere os suplementos continue comigo. Esses suplementos que têm uma quantidade maior dessa substância podem ser encontrados sinteticamente em laboratórios. Entretanto, a qualidade dessa astaxantina é menor do que a desse produto natural. Tem a astaxantina encontrada na levedura Phaffia, mas ela não é bem aceita pela agência de saúde dos EUA.

Mas nem tudo está perdido. Ainda há um tipo de astaxantina que só mostrou benefícios para a saúde, que é o tipo encontrago nas microalgas. Você deve escolher esse tipo de astaxantina se quer se beneficiar dos efeitos desse produto.

Como tomar?

A dose ideal de astaxantina não é conhecida ainda, mas foram feitos alguns testes que geraram recomendações. Por exemplo, você pode consumir de 6 a 8 mg de astaxantina por dia, o que é uma concentração baixa que pode ser encontrada no óleo de salmão enriquecido. De acordo com testes, foram toleradas até mesmo doses de 20 a 50 mg, mas é bom não exagerar, pois não se conhece muito bem os efeitos adversos. É indicado que a astaxantina seja consumida durante as refeições, a fim de ter melhores efeitos.

Efeitos colaterais e contraindicações

Essa parte é uma das mais aguardadas por muita gente, pois mostra os efeitos adversos do consumo de determinado produto e as contraindicações desse produto, ou seja, quem não pode consumir de jeito nenhum.

Foi verificado que a astaxantina é segura quando é consumida através dos alimentos e também é segura quando tomada via oral em forma de suplemento. Pelos estudos feitos, se verificou que o consumo de 6 mg de astaxantina por dia durante um período longo não causou nenhum problema em humanos.

Foi feito outro estudo que mostrou que 8 mg por dia é eficaz para pacientes pós-transplante de rim. Eles consumiram esse produto por 8 semanas e o resultado foi bom. Doses um pouco mais elevadas também não têm mostrado malefícios para quem o consumiu.

Ainda assim, o consumo da astaxantina não é recomendado durante a gravidez, pois não foram feitos testes o bastante para confirmar a possibilidade de uso. No caso da amamentação, também é bom não consumir. Quanto às interações medicamentosas, não foram observadas nenhuma delas.