Principais informações sobre o chá de arruda

Bruno G. Costa

Bruno G. Costa

Saiba mais em CLIQUE AQUI
Sou mineiro "Uai", psicólogo de formação e estudioso ...
Bruno G. Costa

Últimos posts por Bruno G. Costa (exibir todos)

O chá de arruda é aclamado por muitos, mas desprezados por muitos outros. Acontece que o debate sobre a arruda é muito controverso, pois, mesmo contando com benefícios essenciais para muitas pessoas, há estudos que mostram que causa muitos danos à saúde por causa dos efeitos tóxicos advindos do uso prolongado e por não ser feito da forma correta. Quer saber tudo que você precisa saber sobre a arruda para tomar ou não a decisão de consumi-la? Acompanhe.

Esse chá deve ser administrado em pequenas quantidades, e, para obter menos malefícios, é indicado que a pessoa use folhas secas de arruda, e não folhas frescas, para a preparação do chá, uma vez que as folhas frescas reduzem a quantidade de benefícios recebidos pelo consumo e ainda mantêm a toxicidade desse produto natural.

Quais são os benefícios da arruda?

imagem: reprodução

A arruda é uma planta que traz muitos benefícios para o corpo do consumidor, tanto aplicado externamente quanto tomado por infusão. Para fazer o chá, não é um procedimento de outro mundo, e neste artigo você ainda aprenderá a prepará-lo. Os benefícios são:

  • O chá de arruda tem maravilhosas propriedades digestivas, tanto que é eficaz para lidar com as cólicas estomacais e a diarreia. Por ser um antiespasmódico, é bem possível que as dores que você sente no estômago desaparecerão depois de consumir o chá. A arruda estimula a bile, o que por sua vez protege o fígado.

  • O consumo desse chá proporciona uma redução no desconforto que aparece nos períodos menstruais, além de reduzir a dor de cabeça e a irritabilidade que acompanham esses períodos. No caso de amenorreia, ou seja, ausência da menstruação, também é recomendado.

  • Quem toma chá de arruda geralmente relata que sentiu diminuição do estresse e da ansiedade, e isso acontece porque a planta tem efeitos sedativos. Esses efeitos agem também no corpo, portanto é ideal para quem sofre de dores causadas por golpes e feridas.

  • O chá de arruda é excelente para quem tem problemas circulatórios, porque estimula a circulação de sangue e a tonificação nas artérias.

Quais os efeitos negativos da planta?

Mesmo já tendo avisado ainda neste artigo sobre a toxicidade do chá de arruda, é importante destinar uma parte do texto só para falar disso, uma vez que os efeitos tóxicos existem e, apesar de minimizados com as dicas dadas aí em cima, não podem de forma alguma ser ignorados. Os efeitos tóxicos fazem mal a todo mundo, mas fazem mal especialmente a um grupo de pessoas, as quais não podem nem tomar o chá de arruda nem utilizar a planta para consumo em outra forma. Essas pessoas são:

  • Mulheres grávidas, pois a arruda tem propriedades que podem provocar um aborto espontâneo. Ainda que isso não aconteça, existem as chances de o embrião ficar com danos permanentes. Também não é recomendado para mulheres que estão amamentando.

  • Pessoas que sofrem de problemas renais ou doenças gástricas.

  • Pessoas que sofrem de problemas no fígado.

  • Pessoas que sofrem de doenças gastrointestinais, como úlceras e colites.

Efeitos colaterais

Se usado externamente para ajudar na melhora de problemas de pele, o chá de arruda pode fazer com que a pessoa tenha sensibilidade à luz, onde, se a pessoa estiver exposta à luminosidade externa, ela pode adquirir um quadro de fitofotodermatite grave, que se trata de uma condição de pele parecida com a queimadura, e que também causa dor e bolhas.

O chá de arruda pode, em alguns casos, promover quadros de febre, vômito, enxaqueca, tontura e sonolência, então, caso queira consumir, fique atento a esses sintomas. Os homens podem ter a produção do fluido seminal aumentado, caso consumam o chá, mas em contrapartida foi observado que há pode haver uma diminuição no erotismo.

Qual a dose recomendada?

Para evitar o máximo da toxicidade do chá de arruda, é importante conhecer os limites, sabendo os efeitos que o chá ocasiona em cada pessoa, uma vez que cada organismo reage de uma forma diferente. Se você decidir começar a tomar chá de arruda, não pode extravasar, e isso para o seu próprio bem. Doses acima de 1 g de arruda podem ser prejudiciais para o corpo, carregando os efeitos colaterais citados acima.

A dica de usar folhas secas para a preparação do chá de arruda é muito boa e realmente funciona, então aproveite para tomar o chá de arruda, mas tomar com cautela, recebendo o melhor dos benefícios que esse chá pode te oferecer.