Chá de sene emagrece?

Seja para se sentir melhor consigo mesmo, para aproveitar mais a vida ou pela saúde, muita gente pensa em emagrecer e recorre a dietas mirabolantes para chegar a esse resultado. Entre produtos que promovem o emagrecimento há um destaque para chás específicos que prometem reduzir a gordura abdominal e as medidas em geral. Dentre esses chás um dos quais o pessoal mais fala é o chá de sene. Mas, analisando todos os pontos, será que vale a pena? Será que o chá de sene emagrece?

O chá de sene, feito com as folhas da planta, é usado desde o século XI na Europa por ter inúmeros benefícios para o organismo. Foram descobertas propriedades depurativas que fazem com que a pessoa que o consome perca alguns quilos em um relativo curto período de tempo. Para notar os efeitos de emagrecimento é preciso tomar por algum tempo. Entre as propriedades que servem para emagrecer se destaca seu efeito laxante.

O que é um laxante?

O laxante é o medicamento ou substância que faz com que a pessoa evacue mais vezes. O sene tem esse efeito que serve principalmente para casos de congestionamento intestinal ou como sempre chamam, constipação intestinal ou prisão de ventre. Acontece que muitas pessoas estão utilizando os laxantes para perder peso, o que não é a função deles.

Como perder peso com o chá de sene

O chá de sene está se tornando conhecido por conta de pessoas que passaram a tomá-lo para perder peso e se sentir melhor consigo mesmas. O aconselhável é tomar até 2 xícaras da infusão diariamente, o que vai proporcionar ao corpo uma desintoxicação e as toxinas serão eliminadas pela urina e pelas fezes.

Entretanto, as pessoas não devem de forma alguma exceder a quantidade recomendada, pois nesse caso os efeitos podem ser devastadores. A pessoa pode sofrer de desconforto intestinal, cólica e irritação no estômago. Isso acontece porque o corpo está eliminando os dejetos de maneira antinatural, na qual a mucosa intestinal é irritada para poder evacuar. Se o procedimento for feito em grande quantidade e em muitas vezes a mucosa ficará tão irritada que causará problemas sérios para quem está tomando o chá.

Lembre-se que o sene tem como objetivo principal melhorar o quadro de constipação de forma que não deve ser usado sempre. Portanto, se a pessoa possui algum dos problemas que falaremos mais a frente é recomendado que ela não faça uso do chá de sene e procure por outra alternativa.

Efeitos negativos do chá de sene

O pior efeito advindo do chá de sene é gerado com o uso contínuo, todos os dias por algum tempo. A pessoa passa a se tornar dependente do chá para usar o banheiro, uma vez que toda a mucosa se encontra danificada pelo uso em excesso. A pessoa apenas vai conseguir fazer suas necessidades básicas se tomar o chá, o que, por sua vez, nesse estado irá prejudicar ainda mais o corpo da pessoa.

Outro malefício que você deve ter em mente antes de se aventurar por emagrecer com o chá de sene é o fato de o uso contínuo causar danos no tecido do cólon, deixando-o preguiçoso. Esse malefício complementa o anterior, uma vez que o tecido do intestino se acostuma com o uso do chá, de forma que só vai funcionar de verdade se você fazer uso do sene com frequência.

Esses malefícios muitas vezes trazem problemas incuráveis, porque o tecido fica tão danificado por tanto tempo que não tem mais jeito. É por isso que a pessoa deve ter cuidado antes de tomar o chá de sene, pois, mesmo se tratando de um produto natural, pode fazer muito mais mal do que bem.

Quem não pode tomar chá de sene

Respondendo à pergunta inicial, o chá de sene emagrece de verdade, ele pode ser um auxílio para as pessoas que estão perdendo peso, mas pode trazer complicações para o intestino se não for tomado os devidos cuidados. É importante procurar o médico caso pense em usar chás de forma regular. Se a pessoa ainda assim quer consumir o chá de sene, deve tomar nota para os tipos de pessoas que não podem, de maneira alguma ou com algumas ressalvas, tomar esse chá. As observações são:

  • O chá de sene não deve ser administrado em doses altas para pessoas hipertensas, que só devem tomar apenas de 2 a 3 infusões por SEMANA;

  • O chá de sene não deve ser administrado de forma alguma para mulheres grávidas ou que estão amamentando, pacientes com constipação crônica, pacientes que estão tomando medicação específica e de uso regular, pacientes com doenças cardíacas, pacientes com inflamação intestinal, diverticulite, colite, doença de Crohn, apendicite, pacientes com doenças renais ou hepáticas, além de mulheres que estão em período menstrual ou que têm inflamação no útero.