Melão de São Caetano: você conhece?

Bruno G. Costa

Saiba mais em CLIQUE AQUI
Sou mineiro "Uai", psicólogo de formação e estudioso ...
Bruno G. Costa

Últimos posts por Bruno G. Costa (exibir todos)

Este artigo já começa com uma pergunta porque, para falar a verdade, o melão de são Caetano não é muito conhecido, pelo menos não tão conhecido como as ervas melissa e as sementes de erva-doce, por exemplo. Apesar dessa falta de notoriedade, o melão de são Caetano aparece bastante em hortas, pomares, cercas, alambrados, cafezais e terrenos baldios.

O pessoal do interior e das cidades pequenas podem conhecer essa planta por “fruto da cobra”, erva de são Caetano, erva das lavadeiras e até como melãozinho. E agora? Você conhece o melão de são Caetano? Ainda não? Pois basta acompanhar o artigo.

Aparência: O cheiro da planta é forte e desagradável, enquanto as flores têm uma cor amarelo-pálidas ou brancas que você pode perceber que aparecem em cachos ou corimbos. Os frutos, quando abertos, mostram as sementes no interior.

É difícil encontrá-la no Brasil?

Não, não é difícil, uma vez que essa planta está espalhada por quase todo o país. As tribos do Amazonas utilizam essa planta para fins medicinais, tanto que o nome “erva das lavadeiras” vem dos benefícios de clarear as roupas e tirar as manchas.

Quais são os outros benefícios?

O melão de são Caetano carrega benefícios espetaculares para o corpo de quem o consome. As pessoas que fazem uso desse ótimo remédio natural podem ter melhora nos quadros de:

  • inflamações hepáticas;
  •  dores nas articulações;
  •  eczemas;
  • diabetes;
  •  cólicas abdominais;
  • problemas de pele;
  • edemas inflamatórios;
  • faringites;
  • queimaduras com leucorreias purulentas;
  • gripes;
  • hemorroidas;
  • furúnculos;
  • febres contínuas;
  • tosse;
  • muco amarelo;
  • constipação;
  • irritação vaginal;
  • menstruação e controle dos sintomas da TPM;
  • úlceras;
  • picadas de insetos;
  • dores de ouvido e
  • até dores reumáticas.

Como você pode ver, os benefícios graças às propriedades do melão de são Caetano fazem com que ele seja indicado para tratar muitos dos problemas cotidianos de saúde, como as gripes e a tosse, além de ajudar no tratamento de problemas mais persistentes e mais graves, desde inflamações até o câncer.

Os benefícios para tratar o câncer

Sabe aquelas coisas que são muito boas mas que chegam a assustar, isso pelo fato de você não esperar tanto delas? As pessoas que ouvem falar do melão de são Caetano se impressionam ao descobrir a sua potência para eliminar as células cancerígenas.

O Dr. Frank Shallenberger escreveu um artigo sobre os benefícios do chá de melão de são Caetano para tratar os diferentes tipos de cânceres. A ideia é eliminar as células cancerígenas e proteger as células saudáveis, coisa que nem sempre acontece com outros tratamentos. E, por falar nisso, o melão de são Caetano é tão eficaz quanto esse tratamento, inclusive para o câncer de pâncreas, considerado um dos mais difíceis de se tratar.

Foram pesquisados como esse chá age contra quatro tipos de cânceres pancreáticos. O resultado? Bem, foi constatado que dois tipos de cânceres pancreáticos foram reduzidos em 90%, enquanto os outros dois foram reduzidos em 98%! Isso tudo em apenas três dias depois do início do tratamento.

O melão de são Caetano causa a apoptose das células doentes, ou seja, faz com que o corpo procure a resposta natural para lidar com as células com defeito, no caso, fazendo com que elas cometam uma espécie de suicídio. Essa morte das células pode ocorrer por vários caminhos diferentes, mas um dos que foi observado foi a privação de açúcar que elas necessitam para sobreviver, eliminando-as, assim, rapidamente.

Para o tratamento ser ainda mais rápido, é necessário que as pessoas consumam regularmente o chá de melão de são Caetano, mas ele deve vir associado de outros tratamentos para o câncer, como a quimioterapia. Isso é explicado pelo fato de que os submetidos aos testes também faziam esse tipo de tratamento, então o melhor é associar essas duas formas de combater os cânceres.

Qual é a dose máxima indicada?

Cuidado para não exceder a dose indicada, pois isso pode levar a efeitos colaterais que logo serão falados. A dose máxima indicada de chá de melão de são Caetano é de duas a três xícaras por dia e não use por mais de uma semana.

Como fazer chá de melão são caetano

Se você fizer o chá seco comprado em lojas especializadas é bem simples de ser feito, basta usar 2 colheres de sopa da erva para um litro de água. Faça em infusão, ou seja, depois que a água levantar fervura acrescente as folhas e desligue o fogo.

Caso faça com as folhas frescas é difícil quantificá-las, mas caso consiga pique a mesma quantidade acima para um litro de água.

O sabor desse chá é muito amargo, mas para isso você pode misturá-lo com outros chás mais saborosos.

Efeitos colaterais e contraindicações

As sementes do melão de são Caetano são tóxicas, por isso não podem ser consumidas em grande quantidade. Os efeitos colaterais são a queda da glicose no sangue, o aborto, no caso de a mulher estar grávida, e ação teratogênica.

O chá em excesso pode causar vômito e diarreia. É um chá muito forte, por isso deve-se tomar um amplo cuidado com o consumo, visto que algumas fontes dizem que o consumo de meia colherada de sumo do fruto maduro pode levar um bezerro grande à morte em menos de um dia.

Se você está grávida ou amamenta, não pode consumir o chá de melão de são Caetano nem nenhum de seus compostos. Isso é o mesmo para quem é criança.

Também não é indicado para quem quer ter filhos ou que sofre de diarreia crônica, pois neste último caso o quadro pode piorar.

Também não deve ser consumido quando a pessoa toma Clorpropamida, antidiabéticos e drogas que reduzem os níveis de colesterol, já que potencializa seus efeitos.